\\ INFORMAÇÃO \ notícias

Eliezer Pacheco é Cidadão Ijuiense

Publicada em 20/06/2011.

Comissão Pró-Ifet reúne-se com pró-reitores do Instituto Farroupilha

Na manhã do dia 12 de setembro, reuniu-se, no auditório da 36ª Coordenadoria Regional de Educação, a Comissão Pró-Ifet, composta pelo secretário municipal de Educação Eleandro Lizot, coordenadora regional de Educação Rosmari Gobbo e pelo presidente da CUT-Noroeste Sergio Pires e demais professores. A pauta foram os cursos profissionalizantes a serem oferecidos no campus avançado, bem como o local a ser definido para a realização das aulas. Ficou decidido que serão utilizados espaços já existentes, com a potencialização de alguns prédios escolares. No dia 14, às 14 horas, a Comissão se reuniu com os pró-reitores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha para a apresentação do plano de trabalho e agenda. Já ficou marcada outra reunião para o dia 22 de setembro, quinta-feira, a partir das 9 horas, no auditório da 36ª CRE.

.........................

A incumbência foi dada na hora. A solenidade que conferiu o título de Cidadão Ijuiense ao professor Eliezer Moreira Pacheco, um dos fundadores e primeiro presidente do Sinpro-Noroeste foi antecedida pelo Seminário Pró-Instalação de um Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. De fato, pelo pedido de um campus do Instituto Federal Farroupilha, cujo reitor, Carlos Pinto da Rosa, apresentou o projeto que atualmente contempla 29 municípios gaúchos e prevê a expansão da rede para outros municípios-polo, dada a impossibilidade de cada cidade ter seu próprio instituto.

O Seminário e a Solenidade da Câmara de Vereadores de Ijuí tiveram lugar no SESC-Ijuí, cujas dependências do Teatro ficaram lotadas por professores, estudantes e comunidade em geral. O apoio ao pleito foi ratificado também por delegações de municípios vizinhos, como Panambi, Ajuricaba, Nova Ramada, Coronel Barros, Bozano, Augusto Pestana e Jóia. O título de Cidadão Ijuiense foi oficialmente conferido ao professor Eliezer pelo vereador Valmir Elton Seifert, presidente em exercício do Legislativo. Pacheco atuou em Ijuí entre 1976 e 1991, como professor de História na Unijuí. Depois, foi secretário de Educação da Prefeitura de Porto Alegre e presidente do IPE (Instituto de Previdência do Estado do RS) e Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep). Atualmente, é secretário de Educação Profissional do Ministério da Educação, responsável pela coordenação-implantação dos polos de educação tecnológicos, de fato hoje com status de universidade, pelas diversas regiões do país.

Tarefa Número 1: O ilustre filho de Ijuí não poderia sair daqui sem uma incumbência bastante importante a ser desempenhada: ser também um "embaixador" do pleito municipal em sediar um campus do IFET Farroupilha. Isso tudo de modo informal, mas nem tanto em entrelinhas capazes de permitir pluri-interpretações. Afinal, depois de 15 anos atuando enquanto docente na Unijuí e em escolas públicas do município, além de ser líder sindical (Sinpro-Noroeste e 31° Núcleo do Cpers), militante político-partidário e sempre estar atento às reivindicações de Ijuí e região, o professor sabe que parte de tal reivindicação pode ser atendida por um esforço pessoal. Porém, obviamente, não só, tanto que, quando se tocou na discussão quanto à possibilidade de o Imeab poder integrar-se à rede federal de ensino, ele assim se manifestou: "Mas essa decisão cabe à comunidade - e não ao MEC. É a população que precisa decidir e ter essa vontade, pois não podemos chegar a um local e dizer que queremos federalizá-lo... E a inclusão - de Ijuí - na rede das escolas federais é algo que ainda precisa ser analisado".

Assim, conforme se pode conferir nas notícias abaixo anteriormente veiculadas por este site e nos noticiários municipais, a mobilização da comunidade ijuiense e regional para a instalação desse pretendido Campus do IFET Farroupilha em Ijuí deve recrudescer consideravelmente. Talvez com a imediata decisão de se propor a federalização do Imeab, ou com a doação de uma área municipal, enfim, bem como de outras demandas que tal pleito requer. Do contrário, tal pretensão será facilmente preterida, dado que o Instituto Farroupilha já tem campus em Santo Augusto e Panambi e há outros municípios vizinhos competindo com Ijuí. Assim, cabe, portanto, ao Poder Público Municipal, bem como à sociedade civil organizada, dizer e fazer o necessário para que as reivindicações tomem corpo e se tornem da coletividade toda. Do contrário, novamente, a cidade assistirá ao sonho bater asas para outros ninhos.

 

Audiência Pública reivindica Instituto Federal para Ijuí - 17 de  março

 

Uma Audiência Pública realizada na quinta-feira, 17 de março, na Câmara de Vereadores de Ijuí, reivindica a instalação de um Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. O encontro foi mediado pelo Coordenador da CUT – Regional Noroeste, professor Sergio Pires, e a mesa formada pelo prefeito municipal, Fioravante Ballin, a vereadora Rosane Simon, representando a Câmara de Vereadores, Pedro Maboni, diretor da Superintendência de Ensino Profissional, da Secretaria de Educação, Eleandro Lizot, secretário municipal da Educação, Martinho Kelm, reitor das Unijuí, Odete Schneider, do Conselho Municipal de Educação, e Romeu Etgeton, da Associação Comercial e Industrial de Ijuí. Na Audiência, representantes de escolas de Ijuí e região, sindicalistas do Sinpro-Noroeste, Sinteep, Cpers e APMI, professores e alunos.

Na ocasião, foi constituída uma Comissão Executiva de Mobilização, composta de um representante de cada esfera, Executivo Municipal; Legislativo Municipal; Secretaria de Educação, Imeab (curso técnico em Agropecuária), 36ª Coordenadoria Regional de Educação; escolas estaduais com curso técnico em Ijuí (Otávio Brochado da Rocha – Enfermagem; Polivalente – Edificações; 25 de Julho – Eletrotécnica, Mecânica, Madeira e Mobiliário e Gerenciamento de Sistemas de Informações); Fidene; Corede; ACI, CUT Noroeste; Intersindical; Trabalhadores Rurais e MST; Movimento Estudantil Universitário e do Ensino Básico; serão ainda contatados a Cotrijuí e o Sindicato Rural Patronal. A Comissão Executiva irá entrar em contato com o Governo Federal para que seja agendada uma Audiência Pública em abril com representantes do MEC. Também está programada mobilização do setor público e da sociedade civil ijuiense e regional em torno da questão.

 

A partir das definições da Audiência Pública, o representante da CUT Noroeste, professor Sergio Pires, e a titular da 36ª Coordenadoria Regional de Educação, professora Rosmari Gobbo, integrantes da Comissão Pró-Ifet, acompanhados do prefeito municipal de Ijuí, Fioravante Ballin, mantiveram audiência na tarde do dia 13 de abril, em Brasília, com o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, Eliezer Pacheco. Nos aspectos relacionados à implantação de um Ifet em Ijuí, ficou definida a realização de um seminário sobre educação tecnológica, com data prevista para o dia 27 de maio, com a presença de Eliezer Pacheco, além de uma audiência com a Reitoria da Universidade Federal de Santa Maria, para articular quanto a essa demanda.

 

Entrega oficial da Proposta e Seminário sobre Educação Tecnológica em Ijuí: No dia 28 de abril, a Comissão Pró-Ifet, acompanhada do prefeito Fioravante Ballin, esteve reunida, no gabinete do reitor do Instituto Farroupilha, em Santa Maria, Carlos Alberto da Rosa, para a apresentação oficial da proposta de instalação de um Ifet em Ijuí. Participaram da reunião a pró-reitora de Ensino, Tanira Marinho Fabres, o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Adílson José Hansel, e a representante da Pró-Reitoria de Extensão, Maria Lúcia Cardoso. O reitor destacou o avanço do Instituto e sua atual infraestrutura: "Quando o Instituto Federal Farroupilha começou, em 2008, tínhamos pouco mais de mil alunos, hoje são mais de 8,5 mil, espalhados em sete campus, além dos núcleos e polos regionais." Atualmente o Instituto conta com 15 cursos técnicos em diversas áreas, como agrícola e agropecuária, gastronomia, turismo, mobiliário e de edificação. O reitor mostrou-se favorável à implantação de um Ifet em Ijuí, tendo a pró-reitora de Ensino destacado a possibilidade de instalação de um Proeja/FIC em Ijuí, projeto para trabalhadores alfabetizados ou não que não conseguiram concluir o Ensino Fundamental. Um Seminário sobre Educação Tecnológica será realizado em Ijuí no dia 27 de maio, às 10 horas, no Sindicato dos Comerciários, com o tema Experiências e Perspectivas do Instituto Federal Farroupilha na Inserção Regional, a cargo do reitor Carlos Alberto da Rosa, e Educação Profissional e Tecnológica como Perspectiva para a Inclusão e o Desenvolvimento, a cargo do secretário de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, professor Eliezer Pacheco, que conhecerá as instalações educacionais disponíveis no município.

....................

 

 

Links Relacionados