\\ INFORMAÇÃO \ notícias

Negociações coletivas têm nova rodada de discussões

Rodada de discussões ocorreu na sede do Sinepe/RS
Rodada de discussões ocorreu na sede do Sinepe/RS
Publicada em 23/03/2018.

O Sinpro-Noroeste participou, nesta semana, de mais uma rodada de negociações coletivas com o sindicato patronal, o Sinepe/RS visando a composição da nova convenção coletiva do Ensino Básico e do Ensino Superior deste ano. Foi a terceira rodada de encontros para debater os pontos de pauta dos trabalhadores do ensino privado.

Na câmara do Ensino Superior, Vários itens foram debatidos nesta semana, entre eles o cumprimento do limite de alunos por turma, o calendário acadêmico e a forma de pagamento do 13° salário. Outro tema debatido foi o despedimento de professores. A proposta do sindicato é incluir cláusula que proteja os docentes das demissões no final do semestre letivo, em função da dificuldade de recolocação no mercado de trabalho. Os representantes do Sinepe/RS vão analisar a proposta, e encaminhar uma resposta na reunião da próxima semana.

No Ensino Básico, a reunião desta semana serviu para a apresentação de mais pontos de pauta por parte dos trabalhadores. Houve, ainda, a discussão sobre alguns pontos apresentados na última reunião. É o caso da proposta para a paridade do calendário letivo e período de recesso entre as instituições de ensino. Como muitos professores trabalham em mais de uma instituição, a diferença entre calendários prejudica os trabalhadores, muitas vezes.

A discussão sobre os itens da nova convenção coletiva do Ensino Privado segue aberta. Na terceira rodada de negociações, não há qualquer definição sobre nenhuma cláusula a ser incluída no documento.

Sobre o reajuste salarial da categoria para este ano, o Sinpro esclarece que o tema ainda não chegou à mesa de negociações e, portanto, também não há qualquer definição. Em pauta conjunta, os trabalhadores vão propor reajuste de 5%, tendo em vista o aumento médio de 7% nas mensalidades aplicado pelas instituições de ensino no Estado.